Você está em: Home » Artigos, Tendências & Mercado » Tecnologia invade o dia-a-dia

Não tem como escapar. Enxurrada de inovações tecnológicas já está afetando o seu cotidiano.

Você já notou como o mundo não para de mudar? E cada vez mais rápido! Basta entrar um uma loja de eletrônicos para se deparar com um sem número de produtos, nomenclaturas, siglas e opções que até há pouco tempo estavam apenas nos roteiros dos filmes de ficção.

A cada dia são lançados celulares, televisores, notebooks, palmtops, câmeras fotográficas e vídeo games que tornam os anteriores completamente obsoletos. “É um momento sem precedentes na história”, afirma Pedro Waengertner, especialista em Marketing Digital e docente de Pós-graduação na ESPM/SP.

“Essa evolução teve início na década de 90 e se acelerou com a bolha da internet, nos anos 2000. Hoje a tecnologia entra no cotidiano das pessoas com o sucesso das redes sociais, que refletem o aumento da conectividade do consumidor doméstico com os recursos disponíveis no mercado.

É uma experiência rara, em que a produção tecnológica está muito acima da nossa capacidade de absorção. Simplesmente não damos conta”, diz o publicitário.

De acordo com o Prof. Dr. Lourenço Stelio Rega, doutor em Ciências da Religião, a pós-modernidade dá ao indivíduo a possibilidade de decidir o que é melhor para si mesmo, sem depender de influência externa. “As pessoas buscam atender sua satisfação e bem-estar imediatos, custe o que custar. Assim, as novidades acabam sendo necessárias para alimentar esse estilo de vida”.

Na prática, cabe às empresas encontrar a melhor maneira de aproveitar essa oportunidade. É o caso da Samsung, que em sua nova campanha institucional combina a versatilidade do craque Robinho com produtos de última geração.

O comercial de 30 segundos em Alta Definição ganha espaço tanto no horário nobre da TV quanto na enorme malha virtual de blogs, portais e redes sociais. “Cada vez mais os eletroeletrônicos fazem parte da vida dos consumidores, tanto para proporcionar conveniência quanto entretenimento”, comenta Carlos Werner, diretor de marketing corporativo da empresa.

O Brasil é um dos cinco países que sediam a Samsung Experience, em São Paulo, um espaço de experimentação de novos conceitos em tecnologia.

Nesse contexto, nasce uma nova cadeia de consumo. Para Waengertner, o barateamento faz com que as pessoas disponham de novas opções de diversão. Por exemplo, ao adquirir uma TV moderna, de LCD, com capacidade de Alta Definição, o consumidor irá desejar um potente sistema de som Home Theater, e será levado a adquirir um Blu-ray Player para curtir filmes e shows com a máxima qualidade de som e imagem.

“As coisas se completam, e certamente uma fatia crescente do mercado está disposta a investir para ter o melhor em sua casa”, analisa. Quanto aos lojistas, o ideal é acompanhar essa velocidade. O conselho do especialista é que entendam a cabeça do consumidor e procurem qualificar seu PDV, promovendo ofertas de venda casada, compra online, oferecendo ao cliente novas experiências de compra que acompanhem a modernidade.

A onda de inovação pôde ser percebida recentemente nos cinemas com Avatar, exibido em 3D. Com um custo estimado em mais de US$ 500 milhões, o diretor James Cameron teve que esperar mais de 10 anos para realizar o trabalho pois a tecnologia disponível na época não era suficiente.

Em 2005, o cineasta recuperou o projeto, fazendo uso de câmeras de alta captação de imagens e alta tecnologia de computação gráfica. O resultado é um recorde absoluto de faturamento nas bilheterias, passando dos US$ 2 bilhões, dando uma amostra de que o cinema em 3D está pronto para se tornar um formato utilizado em larga escala e, breve, substituir o 2D convencional, já que o lucro é, em média 25% superior.

Grandes eventos como a Copa do Mundo também costumam servir como uma área de testes. A Sony já tem trabalhado na captação, edição e transmissão dos jogos em 3D. Segundo Lucio Pereira, gerente de comunicação e propaganda da empresa no Brasil, o objetivo é levar a emoção das partidas para fora dos estádios. Durante a Fan Fest, que acontecerá na Praia de Copacabana, Rio de Janeiro, serão apresentados flashes dos jogos do Brasil captados em 3D.

Que diferença! Outro dia uma emissora exibia o documentário da Copa de 62. As imagens meio chuviscadas em preto e branco faziam os uniformes claros dos dois times se confundir na tela. Agora estamos vivenciando a terceira dimensão!

Como será daqui a 48 anos? O futuro certamente guarda as suas transformações. Elas estão chegando cada vez mais rápido.

Texto originalmente publicado na Edição Nº9 do Catálogo Aliança.
Leia a versão impressa no Issuu.com/alianca

Ouça também:

A tensão e a sociedade da informação | Gilberto Dimenstein na CBN

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Deixe seu Comentário

© 2017 APD News – O canal de informação da Aliança. Todos os direitos reservados.