Você está em: Home » Tendências & Mercado » Dando luz aos negócios


Luminárias fluorescentes, refletores, spots, plafonier, arandelas, projetores ou balizadores. E agora? Entre tantas opções, qual é a melhor alternativa para iluminar a sua loja?

Pode parecer um mero detalhe e passar despercebido, mas o equilíbrio no uso das luzes pode ser o segredo para potencializar seus negócios. Um projeto de iluminação pode alterar a aparência de uma loja, reduzir despesas, e ainda por cima aumentar as vendas. Muitas vezes, dispondo de recursos simples é possível contribuir para a ambientação coerente do PDV de acordo com seu segmento de atuação, permitindo que os produtos expostos sejam fielmente visualizados.

Exemplo de solução em iluminação na livraria da EDUSP.

Na opinião da arquiteta Letícia Mariotto, um bom projeto de iluminação faz com que os produtos sejam destacados aos olhos do consumidor, contribuindo diretamente na decisão pela compra. Por outro lado, quando mal aplicada, o efeito é inverso e a iluminação pode acabar afugentando as pessoas.

É o que aconteceu com a Livraria da Edusp – Editora da Universidade de São Paulo, na antiga reitoria, graças a um estudo de iluminação feito pelas arquitetas Letícia Mariotto e Cláudia Borges Shimabukuro, sócias da Lit Arquitetura de Iluminação. A iniciativa ocorreu juntamente com o projeto arquitetônico do escritório Paulo Bruna Arquitetos Associados, que transformou a área do edifício em uma loja.

Com um investimento no projeto de iluminação de aproximadamente R$ 4 mil, a livraria ganhou um ambiente mais agradável, adotando lâmpadas com menor consumo de eletricidade e maior durabilidade. Segundo Cláudia, o maior desafio foi valorizar a arquitetura e os produtos expostos, com as limitações de trabalhar em um espaço de pé-direito alto e teto em laje aparente. Neste caso, a fachada da loja, completamente envidraçada, funciona como uma grande vitrine. É um exemplo de que a iluminação oferece visibilidade à loja, tornando-a mais atrativa e contribuindo para aumentar o tempo de permanência do cliente dentro do estabelecimento.

Efeitos surpreendentes

O assunto fica ainda mais sério quando a diferença é sentida no bolso. Um planejamento adequado pode reduzir em até 30% os gastos com a conta de luz. É o que afirma um estudo realizado pela equipe de engenheiros da distribuidora de materiais elétricos Etil.  A recomendação é direcionar a luz na quantidade certa e apenas para onde ela é necessária, além de utilizar equipamentos e componentes adequados como luminárias e reatores.

“No caso da Livraria, o consumo é em torno de 20W/m2, o que é bastante econômico para um estabelecimento comercial, por que o sistema principal se baseia em lâmpadas fluorescentes tubulares que são muito eficientes, ou seja, geram bastante luz comparado com o que consomem”, explica Cláudia.

Mas os benefícios não param por aí. Além da economia com o consumo energético, em médio prazo, os custos com a manutenção também diminuem.  Eliminar o desperdício de luz implica em reduzir também a quantidade de luminárias, fiação e lâmpadas que serão compradas. Consequentemente, a necessidade de troca é menor.

Pra quem está disposto a explorar os benefícios de uma boa iluminação, o primeiro passo é consultar um arquiteto especializado ou um lighting designer. Outra dica importante é comprar luminárias direto da fábrica e orçar separadamente as lâmpadas e equipamentos auxiliares, o que barateia o custo de implantação.

Então fica o incentivo! Lembre-se que preço e produtos todos têm. O grande desafio é criar uma atmosfera que atraia o cliente e, principalmente, o estimule a comprar. Será que você está utilizando a luz correta?

Exemplo de solução em iluminação na loja Interdomus Lafer.

Onde encontrar:

Lit Arquitetura de Iluminação – (11) 2476-4626 | 2478-2221
Paulo Bruna Arquitetos Associados – (11) 3758-6060
Etil Materiais Elétricos – (11) 3363-6363
Osram do Brasil – 0800 55 7084

Fotos Dia: Liliane Callegari
Fotos Noite: Letícia Mariotto

Leia a versão impressa:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Deixe seu Comentário

© 2017 APD News – O canal de informação da Aliança. Todos os direitos reservados.